quarta-feira, 10 de julho de 2013

Guia prático para apresentar um bom seminário


Aluna de Psicologia e professor de História da Comunicação dão dicas para apresentar um bom seminário. Aprenda a organizar a sua pesquisa e prender a atenção dos seus colegas de classe

Uma das grandes dificuldades dos alunos é a de apresentar um bom seminário. O problema pode começar durante a pesquisa, passar pela organização da apresentação e chegar até a timidez na hora de falar em público. Para ajudar você, a Universia Brasil conversou com uma aluna de psicologia da Universidade de Guarulhos e o professor de História da Comunicação da Faculdade Cásper Líbero para descobrir como você pode vencer suas dificuldades e apresentar um bom seminário.

Segundo o professor Carlos Costa, professores esperam que os alunos “façam a pesquisa, se aprofundem no tema, organizem as ideias e aprendam com isso mais do que aprenderiam numa simples aula onde o professor fala e o aluno presta atenção”. Para atingir esse objetivo, confira o guia prático para apresentar um bom seminário:

1. Organize a sua pesquisa
Para a aluna de psicologia Mayara Pompeo, a dica é organizar a sua pesquisa em tópicos. "Esses tópicos são coisas que eu gostaria de saber, as curiosidades e utilidades do assunto", conta a estudante. Depois de compreender qual é o tema proposto para o seminário, encontre as palavras-chaves da pesquisa e monte tópicos que vão ajudar você na hora de aprofundar o tema.

2. Fontes online
Pesquisar o tema na internet é mais rápido do que em livros, mas você deve tomar muito cuidado na hora de utilizar sites e blogs. O professor Carlos conta que já recebeu trabalhos com fotografias de personagens que nasceram e morreram antes da própria invenção da fotografia. Ainda para ele, "a internet é uma fonte interessante desde que o aluno tenha senso crítico. Ela é um recurso inicial para fazer uma varredura do que já existe online sobre o tema; é o ponto de partida para que o aluno vá até a biblioteca, utilize livros e encontre sites específicos para desenvolver o tema."

Por isso, comece a sua pesquisa na internet, mas não deixe de procurar livros indicados pelo professor e até pelos blogs que você encontrou. Antes de incluir as fontes online no seu trabalho, faça uma análise crítica do conteúdo para comprovar a sua veracidade.

3. Memorize
Essa é a hora de tornar o seu seminário algo divertido. A estudante entrevistada conta que, para memorizar o conteúdo do trabalho, ela lê os textos e pratica sua dicção enquanto faz alguma atividade rotineira. "Eu resumo a minha pesquisa e leio em voz alta enquanto lavo a louça, tomo banho ou mexo com água", ela diz e acrescenta que por mais que pareça um hábito estranho, associar o conteúdo com algo que você faz no dia-a-dia ajuda você a memorizar o assunto para o seminário.

4. Utilize recursos audiovisuais
O professor da Cásper Líbero recomenda a utilização de recursos audiovisuais para reter a atenção dos estudantes. Segundo ele, "nós tivemos uma época em que as pessoas eram capazes de ouvir durante horas a fala de um pregador. Hoje em dia, a atenção das pessoas se dilui depois de cinco minutos de uma fala monopólica". Monte apresentações no PowerPoint e leve vídeos relevantes para o assunto, dessa forma o seu seminário será muito mais interativo e, além disso, você poderá recorrer a esses recursos caso se esqueça de alguma informação.

5. Vença a timidez
A timidez é um dos maiores obstáculos na hora de apresentar um seminário. "É uma questão de treinamento. Para você falar bem, você precisa raciocinar bem, ter ideias claras e segurança sobre o tema proposto", diz Carlos Costa, que recomenda a organização de ideias para formar uma narrativa lógica. Lembre-se de que no momento do seminário você já fez a sua pesquisa, já estudou sobre o tema e domina o assunto proposto, sendo capaz de fazer uma ótima apresentação.


Para vencer a timidez, Mayara recomenda que você faça atividades que envolvam a interação com outras pessoas. Ela diz: "Uma ótima ideia é começar a fazer aulas de teatro ou música, na verdade qualquer tipo de atividade que envolva muitas pessoas. Assim, você não vai pensar que está incomodando os outros alunos e nem ter vergonha de apresentar na frente deles."

Fonte: Universia Brasil


Publicada em 27 de Junho de 2013

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por comentar... este blog é nosso. Participe!